SEJA BEM-VINDO AO MUNDO DA FLEX, ESPECIALISTA EM DESCANSO.



 Colchão Flex é bom?

A resposta é simples. Basta dizer que a marca pertence ao grupo europeu com mais de 100 anos de tradição na produção de colchões e equipamentos para descanso. 100% dos colchões têm certificação do Inmetro, o que atesta a qualidade dos seus produtos, proporcionando aos consumidores mais saúde através de um sono reparador.

A Flex conta com um portfólio extenso de soluções para dormir. São colchões em todos os tamanhos (solteiro, solteiro americano, viúva, casal, queen e king) e variados níveis de conforto (firmeza), obtidos graças ao uso do moderno sistema Flex LFK 2.2 Extra Support – baseado em molas de aço-carbono mais firmes que o molejo Bonnell tradicional. Resultado: estabilidade com máximo conforto.

Os colchões Flex são fabricados pela Flex do Brasil , que iniciou suas atividades no país em 2000. A empresa, afiliada ao Flex Bedding Group , possui uma moderna fábrica em Limeira, interior do Estado de São Paulo. Inaugurada em 2013, a unidade é sustentável: todos os resíduos gerados são destinados à reciclagem .

A Flex do Brasil também fabrica produtos das marcas Simmons e Epeda, de grande prestígio no mercado. Os colchões Flex são ainda utilizados pelas melhores redes hoteleiras do país.

Assista ao filme institucional para conhecer um pouco mais sobre o Grupo Flex, especialistas em descanso.

NOSSAS MARCAS NO BRASIL










MISSÃO

Trabalhamos sempre com o foco em proporcionar melhor qualidade de vida a todos consumidores através de um sono reparador e saudável.

VISÃO

A Flex do Brasil vem trabalhando incansavelmente para ser reconhecida pelos distribuidores e clientes como a melhor opção de descanso. Para isso, implantou-se e fortaleceu-se uma cultura organizacional verdadeiramente obstinada por:
Permanente busca da excelência na gestão e na inovação constante;
Compromisso com a qualidade e confiabilidade de nossos produtos.

VALORES

Paixão pela vitória;
Superação constante;
Transparência e respeito em todas nossas relações;
Foco, atenção e respeito ao cliente;
Trabalho sem fronteiras;
Pioneirismo no DNA.

Conheça nossa História

Acompanhe a linha do tempo de como a Flex se tornou referência na fabricação de colchões.

1912
2000
2001
2012
2013
2017

Em 1912

Antonio Beteré abre uma pequena oficina de reparação de colchões em Zaragoza, Espanha.

Historia Zaragoza O início.

Em 2000

O Grupo Flex adquire a empresa Simmons-Epeda, sediada em São Paulo.

Historia 2000 Antiga fábrica no bairro da Mooca em São Paulo

Em 2001

Inauguração da nova planta fabril no interior do Estado de São Paulo, na cidade de Santa Bárbara D’ Oeste.

Historia 2001 Fachada

Em 2012

Início das obras da nova fábrica em Limeira-SP

Obra Flex Inicio das obras

Em 2013

Inauguração da nova planta fabril com 48 mil m², às margens da Rod. Anhanguera, e conta com 20 mil m² de área construída.

Historia Flex Limeira Vista aerea

Certificação de acordo com a portaria 52 de 01 de fevereiro de 2016 do Inmetro

Os produtos Flex têm qualidade e segurança garantidas.

Todos os colchões fabricados pela Flex do Brasil são certificados de acordo com a portaria Inmetro 52 de 01 de Fevereiro de 2016. Isso quer dizer que qualquer produto da marca Flex assegura uma ótima noite de sono. A conquista é resultado de um trabalho intenso para aprimorar o sistema de gestão de qualidade da empresa.

Certificação Os produtos Flex têm qualidade e segurança garantidas.

A Flex do Brasil destina 100% dos resíduos gerados para reciclagem

Cerca de 22 toneladas mensais de materiais residuais da fabricante de colchões de mola são destinadas a 20 empresas diferentes, para reaproveitamento.

A quantidade de resíduos gerados em uma linha de produção industrial se torna um grande problema ambiental se o descarte for feito de maneira incorreta. Na melhor das hipóteses, seguirá para um dos já sobrecarregados aterros sanitários do país. Na pior, para córregos ou terrenos baldios. A Flex do Brasil tem como parte de sua Governança Corporativa o compromisso com a sustentabilidade e meio ambiente. Por isso, certifica-se de que 100% de sua produção residual sejam destinados para a reciclagem.

Este é um trabalho diário de separação, acondicionamento e transporte de espumas, tecidos, madeira, metais, plástico e papelão, resultando em aproximadamente 22 toneladas mensais destes materiais que são transferidos para 20 empresas que as reaproveitam. “Existe o envolvimento de todos os funcionários da fábrica em separar cada tipo de resíduo e colocá-los em pontos estratégicos. Uma companhia terceirizada, parceira, recolhe tudo e encaminha para reaproveitamento”, relata Wilson Fontanezi, diretor de Operações da Flex do Brasil.

“Existe o envolvimento de todos os funcionários da fábrica em separar cada tipo de resíduo e colocá-los em pontos estratégicos. Uma companhia terceirizada, parceira, recolhe tudo e encaminha para reaproveitamento”

WILSON FONTANEZI, DIRETOR DE OPERAÇÕES DA FLEX

O diretor de Operações destaca, ainda, que este processo é completamente sustentável também do ponto de vista econômico, uma vez que a Flex do Brasil é remunerada pela empresa parceira a partir do material recolhido. “A ideia sempre foi essa. O objetivo não é ter lucro com a operação, mas obter um equilíbrio econômico que se torna importante para manter a perenidade do trabalho e o compromisso com a sustentabilidade”, afirma.

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação, em Flex

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.